7 de jul de 2012

Capítulo 3: Cristão-Águia - Joyce Meyer

Postado por Blog Personalizado às 12:00
Cristão-abutre:

Também há o abutre e o urubu: esses pássaros gostam do que está podre. Esse tipo de cristão é atraído para pessoas com problemas; gostam de dilacerar essas pessoas e têm cheiro de morte sobre eles.

Eles têm opiniões sobre outras doutrinas e fazem disso suas verdades, espalhando boatos e manchando a reputação dos outros: se alguns falam em línguas e outros não falam, não significa que esses outros não são de Deus, mas são difamados; tudo na cabeça desse tipo de cristão é sujo e ele vê sujeira em todos; faz uma festinha com um ou outro, mas quando dá as costas fala toda podridão possível dessas pessoas.

O ministério dessas pessoas é ver o que há de errado com o ministério dos outros. As coisas que estão erradas devem ser expostas, mas quando você tem apenas opiniões sobre algumas doutrinas, opiniões particulares, não deveria apontar o dedo, julgar e difamar. Esses cristãos teriam problemas com Jesus!
Quando Jesus chegava aos lugares era um cara radical, ninguém tinha visto ninguém como Ele. Quais tipos de artigos teriam escrito sobre ele quando cuspiu e pôs o cuspe nos olhos do cego? E falou para se lavar no rio lamacento para ser curado?
E quanto a Elias ir até Siquem comer a última refeição de uma viúva? As pessoas desse tipo só olham para o lado de fora e dão opiniões sobre algo que nem entendem! Só falam do que acham errado, não dando nenhum valor ao que veem de certo nos outras pessoas e outras igrejas.

Cristão-Papagaios e Cracatoas:

São os faladores no reino dos pássaros. Os super cristãos espirituais que falam, falam, mas não andam de acordo. Tudo o que eles aprenderam, aprenderam como um papagaio, imitando outra pessoa. Eles podem se parecer com qualquer ministro, mas não sabem o que eles sabem.

Podem memorizar a bíblia, mas não quer dizer que a conheçam (Quando Deus fala sobre conhecer é algo mais profundo do que conhecimento espiritual, está falando de conhecimento de revelação, algo que entra no seu interior e que muda a sua vida inteira e é mostrado na sua atitude.
Eu sei que Deus fez uma obra em mim porque eu fui mudada e jamais serei a mesma!) Papagaios: conhecimento mental sem experiência, apenas fazem barulho; ouvem para aprender não ouvem para serem mudados. 

Não há nada de errado em aprender, mas em 1 Coríntios 8.1 diz: "O conhecimento ensoberbece”.

Em outras palavras você pode ter muito conhecimento mental, mas se isso não se tornou uma revelação e se não houve nenhuma mudança, então você é como um fariseu, com quem Jesus teve tantos problemas: eles sabiam de tudo, mas não colocavam nada em ação nas suas vidas. Eles falavam, mas não andavam como falavam.

Todos precisamos de uma profunda análise interior para sabermos que tipo de cristão nós somos e qual queremos ser.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Quando Meu Coração Bate Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review